Simplifying Business – MAN Truck & Bus na feira de veículos comerciais IAA 2018

O fabricante de veículos comerciais MAN Truck & Bus apresenta as suas inovações ao mundo na feira de veículos comerciais IAA 2018 – sob o lema “Simplifying Business”. A feira tem lugar em Hanover de dois em dois anos. Além dos actuais destaques de produtos nos sectores de camiões e autocarros, a MAN focou-se particularmente na introdução de desenvolvimentos nas áreas da mobilidade eléctrica, digitalização e condução autónoma.

  • De 3.5 a 26 toneladas: a MAN exibe camiões eléctricos para tráfego urbano
  • Estreia mundial da carrinha eléctrica MAN eTGE
  • A MAN apresenta o conceito de um camião urbano eléctrico sustentável e flexível – o CitE
  • O platooning reduz as emissões de CO2 e garante mais segurança na autoestrada
  • A MAN apresenta os MAN DigitalServices, os primeiros serviços digitais totalmente pensados para veículos MAN
  • A MAN está a passar de fabricante de veículos comerciais para fornecedor de soluções de transporte inteligentes e sustentáveis

“Ajudamos os nossos clientes a tornar os seus negócios mais simples, lucrativos, sustentáveis e prontos para o futuro.”

“Mobilidade eléctrica, digitalização, condução autónoma – muitos dos nossos clientes querem saber mais sobre estes temas. Na IAA queremos dar respostas simples a questões complexas”, indicou Joachim Drees, Presidente do Conselho Executivo da MAN Truck & Bus AG. “Para isso, criamos soluções adaptadas às necessidades dos nossos clientes e ajudamo-los a tornar os seus negócios mais simples, lucrativos, sustentáveis e prontos para o futuro.” Nesse sentido a MAN desenvolveu novos veículos e soluções digitais, que podem ser conhecidos na exposição de Hanover. Estas soluções digitais ajudam a optimizar a análise dos veículos e a gestão de manutenção, por exemplo.

“O future do transporte de mercadorias e passageiros nas cidades é eléctrico.”
Na IAA, a MAN tem em exibição a MAN eTGE, uma versão da nova carrinha da MAN com propulsão eléctrica, e ainda um camião de distribuição totalmente eléctrico, o MAN eTGM. A MAN é um dos primeiros fabricantes a apresentar soluções completamente eléctricas para todo o sector da logística urbana, entre as 3.5 e as 26 toneladas. Joachim Drees acredita que esta é a mais importante área de aplicação de veículos comerciais eléctricos: “Os centros urbanos são o melhor palco para os camiões eléctricos revelarem os seus pontos fortes. São livres de emissões, contribuindo assim para melhorar a qualidade do ar nas cidades. São também extremamente silenciosos o que significa que, no futuro, as entregas em supermercados poderão ser efectuadas durante a noite sem qualquer ruído, por exemplo – o que reduz simultaneamente o tráfego diurno. Acreditamos que o futuro do transporte de mercadorias e passageiros nas cidades é eléctrico.”

O destaque da exposição é o MAN CitE, um camião urbano com propulsão eléctrica, que apresenta conceitos inovadores e soluções criativas. O veículo de 15 toneladas (que foi desenvolvido em apenas 18 meses) foi especialmente desenhado para o transporte de distribuição em centros urbanos.

Como os motoristas de distribuição urbana podem ter de entrar e sair dos veículos até 30 vezes por dia, o CitE tem uma entrada invulgarmente baixa e portas especialmente largas; a porta do ajudante de motorista abre-se ao carregar num botão. O cockpit é a perfeição ergonómica, permitindo ao motorista uma excelente vista panorâmica graças a uma posição sentada baixa e grandes janelas laterais.

Além disso, o CitE inclui um sistema de câmaras de 360º que oferece um elevado nível de segurança, eliminando os ângulos mortos. O CitE é totalmente eléctrico, e tem uma autonomia de 100 km – o que é mais do que suficiente para o transporte de distribuição urbano.

Joachim Drees afirma: “O CitE é mais do que um conceito de veículo; é a nossa resposta para as necessidades do transporte de mercadorias na cidade.”

Mesmo no caso dos autocarros urbanos, o claro caminho a seguir é o da propulsão eléctrica. É por este motivo que a MAN desenvolveu parcerias para testes em locais como Munique, Hamburgo, Wolfsburgo e Luxemburgo, que permitem a incorporação de experiências de transporte quotidianas no desenvolvimento da produção de série. Um protótipo em fase final do MAN Lion’s City E também será apresentado pela primeira vez na IAA deste ano.

O autocarro eléctrico é propulsionado por um motor no eixo direccional, o que permite a criação de espaço para uma área de assentos optimizada na traseira, permitindo a colocação de quatro bancos adicionais no autocarro.

As baterias são à prova de embate, e estão colocadas no tejadilho, de forma a poupar espaço; possuem uma autonomia de até 270 km e podem ser carregadas em apenas três horas.

O próximo passo será dado em 2020, quando uma frota de demonstração de autocarros eléctricos for testada em diferentes cidades europeias em utilização diária, antes do início da produção em série da versão eléctrica do MAN Lion’s City. Este extenso teste vai permitir garantir que os veículos cumpram o elevado nível de fiabilidade exigido no transporte de passageiros.

“O platooning reduz as emissões de CO2 e garante maior segurança nas autoestradas.”
O platooning de camiões desenvolvido pela MAN já está a ser testado. Uma barra de engate electrónica liga dois ou mais camiões; o camião da frente define a velocidade e direcção, e o camião seguinte segue-o a uma curta distância de 10 a 15 metros. O comboio de camiões poupa até 10% de combustível graças ao aproveitamento das correntes de ar afastadas pelo camião dianteiro. Esta sempre presente um motorista no veículo que segue atrás, que pode intervir e controlar o sistema, se necessário. “O platooning reduz as emissões de CO2 e garante maior segurança nas autoestradas. Bastam apenas 5 milissegundos para o sistema electrónico do camião que segue atrás reagir à travagem do veículo da frente – mais rápido do que a reacção de qualquer humano. Esta tecnologia tem o potencial de reduzir significativamente o número de colisões traseiras na autoestrada”, indica Drees.

Desde o fim de Junho que o projecto de platooning da MAN tem vindo a realizar viagens na autoestrada A9 entre Munique e Nuremberga, como parte de um projecto piloto. Em conjunto com a DB Schenker, o fabricante de veículos comerciais está a testar o desempenho desta tecnologia em verdadeiras condições de tráfego. Os testes no terreno estão a ser monitorizados pela Universidade de Ciências Aplicadas de Fresenius, que está a estudar os efeitos desta tecnologia nos motoristas.

O sistema de assistência à travagem de emergência (que já não pode ser desactivado em camiões e autocarros) oferece ainda mais segurança, bem como o sistema de monitorização com câmaras, que permite ao motorista fazer curvas mais facilmente, e que poderá evitar acidente graves graças à eliminação do ângulo morto.

O sistema MAN aFAS, em exibição no stand da TRATON, já provou que está pronto para ser implementado. Devido às comuns e graves colisões traseiras em autoestradas com veículos de acompanhamento de segurança, a MAN conectou digitalmente dois veículos, de modo a que o veículo de segurança traseiro possa ser operado sem motorista.

“A MAN está a passar de fabricante de veículos comerciais para fornecedor de soluções de transporte inteligentes e sustentáveis.”
As inovações digitais são um dos principais focos da MAN na IAA deste ano. “A MAN está a passar de fabricante de veículos comerciais para fornecedor de soluções de transporte inteligentes e sustentáveis” afirma Joachim Drees. Foi por isso que a MAN criou a marca digital RIO em 2016, de modo a conectar o mundo dos transportes através de uma plataforma aberta com base na cloud, e que ajuda a tornar o sector mais eficiente e ecológico. Para destacar a sua abordagem aberta e compatível com todas as marcas, o RIO tornou-se uma marca independente, que faz parte do Grupo TRATON desde 2017.

Nesta plataforma, a MAN oferece aos seus clientes as primeiras soluções digitais especificamente pensadas para veículos MAN, os denominados MAN DigitalServices. No futuro, este serviço permitirá que os clientes recebam informação em tempo real dos dados dos veículos e análises de utilização, independentemente da sua localização, a partir das quais serão dadas recomendações específicas para cada veículo e cliente. A MAN introduziu ainda serviços adicionais para optimizar a análise dos veículos e gestão de manutenção, que estão a ser apresentados na IAA 2018. Com o RIO como parceiro estratégico, os clientes da MAN beneficiam de diversos serviços digitais para os seus veículos; a gestão de frota torna-se uma tarefa mais simples, e os negócios ficam mais lucrativos. Os operadores de frotas mistas têm também acesso a uma base uniforme de serviços digitais adequados a toda a frota, seja qual for a marca dos veículos.

Simplifying Business – MAN Truck & Bus na feira de veículos comerciais IAA 2018
read more

MAN Truck & Bus preparada para o futuro da indústria dos veículos comerciais

Electromobilidade, condução autónoma, digitalização – a indústria dos veículos comerciais está a mudar a uma enorme velocidade. Os destaques nestes sectores serão apresentados pela MAN Truck & Bus na feira de veículos comerciais IAA 2018, que decorre em Setembro. De forma a compensar os elevados investimentos associados a estas tecnologias, a MAN Truck & Bus vai continuar a desenvolver sistematicamente esforços para o aumento da eficiência.

Joachim Drees, CEO da MAN SE e da MAN Truck & Bus, afirma: “A nossa estratégia corporativa Future Lion tem como objectivo definir um foco claro da MAN para os mercados e produtos. Isto significa que vamos analisar minuciosamente o nosso portfólio de produtos e a nossa presença em mercados internacionais, para conhecer ainda melhor as necessidades dos clientes, reduzir custos e priorizar os nossos investimentos. O caminho é claro – a MAN Truck & Bus tem de se tornar mais lucrativa para conseguir continuar a investir em desenvolvimentos futuros. Colocando as coisas de forma simples, vamos concentrar-nos em coisas que são essenciais para o futuro da empresa, e vamos ter a coragem de deixar para trás outras coisas.”

Neste enquadramento, o Conselho Executivo da MAN Truck & Bus AG decidiu simplificar o portfólio de produtos com a interrupção da produção e vendas do MAN CLA. Este era um veículo direcionado especificamente para as necessidades de mercado de economias emergentes, estando significativamente abaixo dos veículos da série TG, com muito pouca expressão ao nível de vendas de camiões da empresa. A MAN vais descontinuar a produção em Pithampur, na Índia, assim que estiverem prontas todas as encomendas colocadas até à data. Não existirá um modelo sucessor, dado que a MAN consegue dar resposta aos requisitos dos clientes nos actuais mercados onde o MAN CLA está presente com a sua vasta gama de modernos veículos TG.

A MAN Truck & Bus chegou a acordo com a Force Motors Ltd. relativamente à venda da fábrica em Pithampur. A empresa vai adquirir a fábrica e fazer uma oferta para manter os postos de toda a força de trabalho. “Foi para nós uma grande satisfação termos conseguido encontrar uma solução positiva para todos os envolvidos, e que garante o emprego dos nossos colaboradores”, indicou Jörg Mommertz, responsável pela MAN Trucks India. As medidas de reestruturação visam também tornar a MAN Trucks India um centro de excelência para o desenvolvimento de projectos globais da MAN Truck & Bus.

Foram também lançadas outras iniciativas para aumentar a eficiência da MAN Truck & Bus, e que visam sobretudo a priorização de investimentos e o foco na redução de custos assinalados; exceptuando a rede de produção, isto também se aplica em casos de operações de vendas e desenvolvimento, bem como a custos indirectos e compromissos com fundos.

Em relação a esta estratégia, Joachim Drees afirma: “Estamos a preparar a MAN para o futuro. As bases forma lançadas com o programa PACE 2017, durante o qual muitos processos foram reestruturados de forma a se tornarem mais eficientes. Agora estamos a desenvolver essas bases, a estabilizar aquilo que já alcançámos e com a atenção especialmente direcionada para aplicar firmemente este conceito de eficiência a toda a empresa e a longo-prazo.”

MAN Truck & Bus preparada para o futuro da indústria dos veículos comerciais
read more

MAN TGX eleito ‘Camião de Frota do Ano 2018’ na Grã-Bretanha

  • O júri ficou convencido com a elevada eficiência do MAN TGX, baixo custo de propriedade, bem como com o elevado nível de conforto de condução
  • Os clientes ficam satisfeitos com as excelentes peças e serviço de assistência, disponíveis numa ampla rede de oficinas
  • Estes prémios são encarados como os ‘Óscares’ da indústria dos transportes

O MAN TGX foi nomeado ‘Camião de Frota do Ano’ nos prestigiados Motor Transport Awards 2018. O anúncio foi feito a uma plateia onde estavam presentes mais de 1,000 representantes da indústria dos transportes durante a edição deste ano dos Motor Transport Awards que celebram sucessos na indústria e distinguem e premeiam a excelência, inovação, serviço excepcional e eficiência. Já há 32 anos que os Motor Transport Awards são uma referência do melhor que se faz entre os operadores de transporte de frotas, fabricantes de veículos, e outros sectores inovadores da indústria, no Reino Unido. Encarados como os ‘Óscares’ da indústria, os prémios são atribuídos por um painel de especialistas independentes.

O editor da Motor Transport, Steve Hobson afirmou o seguinte em relação ao prémio: “O painel de jurados, constituído por profissionais com vasta experiência na indústria, distinguiu o MAN TGX devido à sua elevada eficiência, baixo custo de propriedade, excelentes peças e serviço de assistência através de uma ampla rede de oficinas e concessionários, bem como grande conforto de condução. Estes são atributos que fazem verdadeira diferença para empresas de transporte e motoristas.”

Na recepção do prémio na cerimónia oficial, Thomas Hemmerich, Director Geral da MAN Truck & Bus UK Ltd indicou: “É um grande prazer receber esta distinção e encaramo-la como um verdadeiro indicador de que o MAN TGX, a nossa rede de concessionários e oficinas e os pacotes de serviços que disponibilizamos cumprem totalmente as exigências do mercado. Na MAN orgulhamo-nos de poder oferecer aos clientes uma vasta gama de veículos com consumos eficientes, tecnologicamente avançados, seguros e robustos, apoiados por um leque abrangente de serviços ao cliente, que trazem verdadeiros benefícios para os seus negócios. O MAN TGX foi muito bem acolhido em diversas frotas em todo o Reino Unido, e este prémio confirma que disponibilizamos e fornecemos o devido apoio a diversos veículos em que os clientes podem confiar, e que lhes trazem valor.”

Um dos principais especialistas em serviços de fornecimento de alimentos em cadeia para produtos que necessitam de ambiente e temperatura controlada, a empresa Fowler Welch, de Spalding, também esteve presente na cerimónia de entrega, e o CEO Nick Hay acrescentou: “Foi muito interessante ouvir os comentários do júri. Nós operamos uma frota de 450 veículos, 125 dos quais são MAN TGX, e estamos extremamente satisfeitos com o seu desempenho, particularmente em termos de eficiência no consumo de combustível. Agrada-nos muito o serviço orientado para o cliente, tanto da MAN UK como do nosso concessionário local. Ambos compreendem o nosso negócio e a nossa disponibilidade para colaborar com fornecedores chave.”

MAN TGX eleito ‘Camião de Frota do Ano 2018’ na Grã-Bretanha
read more

Platooning na indústria logística

  • Projecto de investigação da DB Schenker, MAN Truck & Bus e Universidade Fresenius começa a fase de testes na auto-estrada A9
  • Como o principal provedor logístico mundial, a DB Schenker, em conjunto com os seus parceiros MAN Truck & Bus e Universidade Fresenius de Ciências Aplicadas, deram início à utilização prática de dois camiões ligados em rede digitalmente

Na presença do Ministro Federal dos Transportes e Infraestruturas Digitais, Andreas Scheuer, um platoon de camiões partiu do centro da DB Schenker em Neufahrn, perto de Munique, seguindo pela A9 em direcção a Nuremberga, a via escolhida para os testes práticos. O Governo Federal financia este projecto-piloto com cerca de €2 milhões.

O Ministro Federal dos Transportes Andreas Scheuer afirmou: “Este é um projecto de investigação visionário para a nossa via de testes digitais, a auto-estrada A9. O projecto marca o início do futuro dos transportes de mercadorias automatizado e ligado em rede. Trazemos a tecnologia de amanhã às estrada de hoje, para testar a inteligente interacção entre homem, máquina e material. As nossas oportunidades: os processos logísticos – desde a rampa de carga até ao cliente – podem tornar-se mais seguros, eficientes e ecológicos. E os motoristas vão tornar-se especialistas em logística moderna, nos camiões digitais.

Parcerias estratégicas impulsionam a inovação
Os testes regulares de camiões ligados em rede tiveram início a 25 de Junho, ao longo de um percurso de 145 km. Os testes serão efectuados sem qualquer tipo de carga até ao início de Agosto. Depois, os camiões de comboios estarão na estrada diariamente, a efectuar três viagens logísticas de rotina, carregados parcialmente com, por exemplo, peças de máquinas, bebidas ou papel.

Os parceiros do projecto estão assim a levar a cabo um trabalho pioneiro. “Esta primeira utilização de comboios de camiões na Alemanha vai definir novos padrões para o mercado logístico, que vão beneficiar sobretudos os nossos clientes”, indicou Alexander Doll, Membro do Conselho da DB para Transportes e Logística. “Com este projecto, a DB Schenker revela o que será realmente importante para as empresas em tudo o mundo, no futuro: inovações avançadas criadas através de parcerias”.

Com a utilização desta tecnologia, a DB Schenker está a expandir o seu modelo de negócio digital. ”Estamos mais uma vez a levar uma nova tecnologia para a estrada. Com o projecto de platooning, estamos a destacar ainda mais o nosso papel pioneiro no campo da condução autónoma e ligada em rede”, afirmou o Prof. Dr. Sabina Jeschke, Membro do Conselho da DB para Digitalização e Tecnologia.

A MAN Truck & Bus e a DB Schenker, duas empresas líderes nos seus sectores a nível mundial, estão a cooperar para promover em conjunto a condução autónoma. “Não é apenas a utilização de uma tecnologia. Trata-se de integrá-la efectivamente em toda a cadeia logística. As descobertas que fizemos no projecto são passos importantes para a futura aplicação em série. Isto irá tornar a MAN pioneira na automatização e digitalização de veículos comerciais”, indicou Joachim Drees, CEO da MAN Truck & Bus AG.

Platooning na indústria logística
read more

Precisão no mundo virtual: MAN utiliza o CAVE

  • Testes 3D em laboratório diminuem os tempos de desenvolvimento e optimizam o processo de produção
  • Permite a eliminação de até 50% dos erros de planeamento antes da construção do primeiro protótipo
  • Oferece ligação em tempo real a todas as fábricas MAN
  • Dispositivos simulam stress físico

No desenvolvimento de novos modelos, a MAN Truck & Bus produz protótipos virtuais num laboratório a três dimensões, para conseguir detectar possíveis falhas muito antes do início da produção. Isto é possível graças ao “Cave Automatic Virtual Environment” (CAVE), um espaço de design criativo de alta tecnologia com 46 m² na fábrica da MAN em Munique. Os cinco computadores de elevado desempenho incorporam gráficos de última geração, câmaras infravermelhos e projectores estéreo, com uma resolução de imagem de 2K em quatro grandes ecrãs.

No CAVE (Cave Automatic Virtual Environment), os engenheiros da MAN criam maquetes virtuais exactas dos veículos, o que permite a identificação e eliminação de vários problemas antes da construção do primeiro protótipo real.

Cerca de um ano antes do início da construção propriamente dita, o CAVE permite aos especialistas moverem-se em torno de uma maquete virtual do novo modelo de camião ou autocarro, através de um conjunto de auscultadores e controlo 3D, e esclarecer assim algumas questões chave na fase inicial do processo: todas as componentes das unidades têm óptima acessibilidade? O produto ou o processo de produção têm de ser adaptados de alguma forma?

“A vantagem da realidade virtual é que nos permite poupar tempo, material e muito dinheiro”, indicou o engenheiro de desenvolvimento avançado e protótipos da MAN Martin Raichl. O CAVE também permite à MAN ultrapassar os desafios colocados pelo sistema de conjuntos modulares e pela vasta gama de diferentes modelos de veículos comerciais produzidos: um travão pode ajustar-se perfeitamente no MAN Lion’s Coach, por exemplo, mas ter de ser adaptado para a instalação em modelos de autocarros de serviço. Os testes em 3D avançado de possibilidades de construção permitem à equipa do CAVE identificar potenciais problemas e encontrar soluções atempadamente.

Virtualidade em marcha

O CAVE foi uma aquisição conjunta dos departamentos de Produção, Desenvolvimento e Logística da MAN, e o investimento de cerca de €500,000 foi rapidamente amortizado, graças aos erros de planeamento identificados nos protótipos virtuais, que evitaram a construção dos verdadeiros veículos: até 50% dos potenciais defeitos são identificados com o CAVE, o que significa que estes custos são eliminados no subsequente processo de produção.

E o sucesso do CAVE está a ser replicado em todas as operações do fabricante de veículos comerciais: as fábricas da MAN em Nuremberga (Alemanha), Steyr (Áustria), Ancara (Turquia) e Starachowice (Polónia) também já possuem laboratórios virtuais. A ligação em tempo real entre os vários CAVE da MAN permite às equipas colaborarem nos mesmos modelos virtuais em simultâneo, mesmo além-fronteiras.

A tecnologia é também continuamente aperfeiçoada. Recentemente os engenheiros da MAN começaram a utilizar acessórios no CAVE, como óculos de realidade virtual e controladores, de forma a poderem visualizar os designs dos veículos de forma mais precisa e realista. No futuro, está prevista a introdução de dispositivos de corpo inteiro, para simular o stress físico a que, por exemplo, um técnico está sujeito ao instalar um silenciador de escape.

Precisão no mundo virtual: MAN utiliza o CAVE
read more